Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amor, Sexo e Erotismo

Amor, Sexo e Erotismo

Inteligência erótica

25.07.20 | Inês

A inteligência erótica consiste em criar distância e, depois, em dar vida a esse espaço aberto.

Esther Perel

Gosto de encarar o sexo não como uma descarga de tensão mas sim como algo muito mais envolvente.

Desenvolver inteligência erótica pode ser tão simples como começar por vestir uma lingerie que te faça sentir linda, sexy e provocadora!Escolher um perfume que baralhe os sentidos dele. Criar um momento diferente... 

Ele de certeza irá reparar nisso e claro ... nas tuas curvas! O fator surpresa fará com que ele tenha  ainda mais vontade de te despir. Mexe com os cinco sentidos dele, surpreende, arrasa com atitude e toda essa energia que emanas passará para ele. 

Fazer sexo é bom mas fazê-lo sem medos e sem reservas é... muito melhor!

Se for com amor... melhor ainda!

e1cb5638247b202cf5d77087974ae8da.png

 

 

Um dia alguém pegou na minha mão

25.07.20 | Inês

Percorreu as linhas com o dedo indicador, olhou para mim e disse-me:

"Estás a ver esta linha aqui na tua mão Inês? Esta é a linha do destino. Nem toda a gente tem essa linha. "

"O que quer isso dizer?"

"Olha para a minha mão Inês ... tenho a mesma linha que tu. No mesmo sítio e tudo. Começa a termina da mesma forma...um dia os dois vamos perceber tudo..."

"Vamos?"

"Vamos! "

"Tomara que seja nesta vida..."

sensu.jpg

 

 

 

Céus

23.07.20 | Inês

Levou-a ao colo e deixou-a cair lentamente, imobilizando-a com o peso do seu corpo. O reflexo de um céu estrelado numa noite de luar, a paisagem que respirava em uníssono, dois corpos quentes, aquecidos pelo álcool, e pela atração que os unia, ali naquele lugar, os pés nus assentes no chão e a mente a flutuar a algures por locais que desconhecia, fizeram Inês brindá-lo com um olhar perplexo. Olhar esse que ao mesmo tempo deixava transparecer um desejo carnal intenso. 

Quando deram conta estavam com as bocas coladas um no outro. Durante esse longo beijo, enfiaram as mãos dentro das roupas um do outro. Ele com os dedos sobre o clitóris e os dentes no seu pescoço fê-la rodar sobre o seu ventre deixando-a com o rabo levantado à disposição dele... 

Não resistiu e deu-lhe uma palmada na nádega direita, agarrou-lhe o cabelo e enfiou o seu membro naquele lugar quente e húmido... 

Inês soltou as amarras e entregou-se ao desejo louco que sentia e rapidamente percebeu que o paraíso tem lugar aqui na Terra, naquele bocadinho de Terra onde os corpos se fundiram e se amaram mais que uma vez... 

"Céus... quero mais... 

Essa língua hiperativa no meio das minhas nádegas, esses lábios nos meus lábios quentes e molhados, esses dedos a rodar dentro de mim... esse olhar lascivo que me prende e me consome... 

Bem...

Afinal ...

o Paraíso é cá em BAIXO! "

 

 

 

 

Encontro de almas

04.07.20 | Inês

 

Temos um encontro marcado nas estrelas...lembras-te?

Duas almas combinam entre si no espaço, num tempo distante, num outro lugar, em uma realidade diferente: um reencontro para o futuro...

Chegando ao destino, não conseguem lembrar do acordo, porém, seus corações reconhecem a sintonia e suspeitam que pode haver ali algo a mais.
 
O tempo passa, as afinidades aumentam, as coincidências crescem.
O desejo aumenta, a paixão floresce e ressurge o amor. Isso não é à toa, nem acontece ao acaso ou é comum como se pudesse ser encontrado por aí todos os dias, porém, acontece!
 
Por isso, existe um enorme conflito entre os sentimentos que possuem (que é muito grande, muito intenso), a afinidade e cumplicidade que tem um com o outro e as chamadas normas ou padrões sociais (o protocolo certo para cada situação).
 
Espera-se que as coisas tenham um tempo certo na sociedade, mas essas allmas acabam sentindo coisas que parecem fora de tempo, como se fosse rápido demais, intenso demais.
Ocorre, no entanto, que para elas é só uma continuação daquilo que já existia noutro lugar, muito além disso tudo que conhecem atualmente e daquilo que lembram. 
Vi Aqui
 
 
Eu e tu estamos em fases diferentes de evolução mas por algum motivo sinto que já não é a primeira vez que me cruzo contigo. Sei que sentes o mesmo "vazio" que eu em determinados momentos e que ficas irritado sem saber bem a razão... 
 
Somos apenas duas almas que se cruzaram e que não sabem o que fazer com isso... 
Somos duas pessoas pragmáticas e habituadas a ter uma resposta para tudo e desta vez não temos. Não há nada que faça sentido mas é assim... 
 
Talvez um dia ... 
Quem sabe...
Nesse encontro marcado nas estrelas eu e tu saibamos o que fazer... Talvez...