Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amor, Sexo e Erotismo

Amor, Sexo e Erotismo

A carta que nunca te escrevi...

09.12.20 | Inês

Tu, de olhos vendados, armado em uma das mãos com um arco e flecha, e segurando, na outra, uma tocha, és um tanto ou quanto malicioso com as combinações que fazes, sabias?Tu que representas a juventude, imaturidade, irresponsabilidade, impulsividade, cegueira, força flamejante, sei o que me vais dizer...apenas segues as orientações da tua mãe.

Não quero mais sentir a dor da flecha que me atravessou o peito, nem as chamas que me corroem a alma e o corpo. Quero um sinal teu... diferente. Hoje preciso disso... devolve-me a esperança e a traquinisse, a leveza dos dias e traz de volta o brilho que a tua tocha queimou. Na ausência de qualquer sinal teu, seguirei o meu caminho e farei por esquecer aquilo que contigo aprendi. E, mesmo estando longe, estarei sempre aqui.