Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amor, Sexo e Erotismo

Amor, Sexo e Erotismo

...

22.10.21 | Inês

Tu és o nó de sangue que me sufoca.

Dormes na minha insónia como o aroma entre os tendões da madeira fria.

És uma faca cravada na minha vida secreta. E como estrelas duplas consanguíneas, luzimos de um para o outro nas trevas.

Herberto Helder 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Inês

    24.10.21

    Etan...
    Não só conheço o poema como, por diversas razões, o sei de cor.
    A última vez que olhei para ele, antes desta tua partilha, foi no ano passado. Escrevi uma carta em que esse poema estava presente. No final, peguei num fósforo e deixei arder... Mas não esqueci o poema. No final, despi a roupa e apenas de roupa interior entrei no mar gelado e a flutuar deixei-me ficar de olhos postos no céu numa noite de lua cheia.
    E respondendo à pergunta do Bukowski .. sim, eu já chorei já e tu?
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.